Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rabiscos de um Maldisposto

Olá, bem-vindo ao meu blog!

Rabiscos de um Maldisposto

Olá, bem-vindo ao meu blog!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

BRONCA: há por aí um site viral a assegurar que as pessoas que ficam vermelhas facilmente, são mais generosas e inspiram mais confiança – CUIDADO!

Não sei se ainda vou a tempo dado ao número bastante elevado de partidas e de pessoas que citaram de forma fervorosa a mensagem de que os seres que possuem uma facilidade em ficar com a cara vermelha, são de confiança. Cuidado, pois isto é mentira!

Quem é que no seu perfeito juízo acredita numa pessoa que consegue transpirar toda a gordura que ingeriu nas últimas 48 horas, só através dos poros da cara? Ninguém? Pois! É que ninguém com dois dedos de testa é capaz de estar a prestar atenção a uma pessoa assim.

E começa logo assim: “A primeira boa notícia é: as pessoas não te acham parvo, e ainda te acham uma pessoa mais confiável. E a segunda: na verdade, não se trata de apenas parecer mais virtuoso – um estudo publicado no Journal of Personality and Social Psychology (publicação Associação Americana de Psicologia) ” – Epá, mas que grande alegria que deve ter sido lá em casa dos bichinhos do mato da timidez ao ver esta notícia. Imagino o fartote que foi ao terem visto pela primeira vez, alguém a defender as suas causas. Mas meus amigos, eu continuo a achar-vos parvos. E então se me apresentam este site ou estas justificações como validas, não só vos acho parvos, como também vos chamo de inúteis e de acéfalos. É só elogios, já viram?

Jamais confiaria num tipo que anda constantemente de cara vermelha a cada pergunta que lhe faça ou a cada coisa que lhe diga. Para além disso, nunca saberia se ele estava sóbrio ou não no momento que estava a conduzir ou até mesmo a trabalhar para mim. Parece-me demasiado óbvio que esta gente vive a vida toda de cara vermelha porque apenas se querem sobressair dos restantes seres vivos, não pela inteligência, não pela roupa que vestem e nem tão pouco pela sua cultura que possam ter, mas sim pela carinha vermelha que apresentam e que geralmente também acarretam algumas sardas. Merdas que um adulto qualquer dispensa bem, mas que para um adolescente é praticamente indispensável se quiser concorrer aos próximos Morangos com Açúcar.  

Fico-me por aqui porque já dispensei demasiada atenção a essa gente, mas tinha mesmo de ser. É que parece que não, se nós não metermos essa gente na linha daqui a pouco até temos “cenouras” a dar-nos ordens!

1 comentário

Comentar post

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Mais sobre mim

foto do autor

Posts recentes