Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rabiscos de um Maldisposto

Olá, bem-vindo ao meu blog!

Rabiscos de um Maldisposto

Olá, bem-vindo ao meu blog!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Filhos de pai incógnito não param de aumentar

por Rabiscos de um Maldisposto, em 11.02.17

img_818x455$2017_02_06_09_57_24_596951.jpg

 

Desde 2013 que o número de crianças registadas sem nome do pai tem vindo a aumentar. No ano passado, foram qualquer coisa como 837 casos, o que me leva a crer que o hit do grupo "Chave D'Ouro", - Pai da Criança (Quem será), tenha sido um dos grandes impulsionadores para o fenómeno que está a abalar a sociedade portuguesa. Quer dizer, abalar talvez não seja bem o melhor termo, pois este tipo de temáticas é sempre magnífico em momentos de confraternização.

Quem é que nunca teve uma recaída de curiosidade, quando descobriu que a filha de um alto prestigiado da aldeia, foi mãe sem saber quem era o pai? Um clássico!

Os motivos são vários segundo consta, desde mães que decidem não revelar o nome do pai, ou homens que se recusam a assumir a paternidade. Claro que também existem casos em que só se conhece o nome do pai, não é, Cristiano Ronaldo? Pois! Há que dar o exemplo também fora do campo. Afinal de contas, o dinheiro também serve para isto de coisas, e para abafar outras.

Pessoalmente não vejo grandes motivos para dramatizar a situação. O problema não é de agora. Homens irresponsáveis e mulheres oferecidas ou inocentes, sempre existiram. E verdade seja dita, de vez em quando sabe bem fugir da rotina dos temas básicos.

 

 

1 comentário

Comentar post

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim

foto do autor

Posts recentes