Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rabiscos de um Maldisposto

Olá, bem-vindo ao meu blog!

Rabiscos de um Maldisposto

Olá, bem-vindo ao meu blog!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


E voltamos ao tema da amamentação

por Rabiscos de um Maldisposto, em 16.01.16

Ora deixa cá ver se entendi: há mesmo pessoas a favor da amamentação em público? Ahah! Isto está a ficar bonito está. Agora tudo serve de pretexto para as mulheres, quando acabam de ser mães, se exibirem em público. E começaram logo pelas mamas. A coisa mais fácil.
Estas modernices estão a tornar-se ridículas, amigalhões. Já não há respeito na rua porque quando menos se espera, até se pode encontrar uma mãe com a mama de fora a alimentar o birrento do filho numa estação! Mas pior, só mesmos os espaços privados, que já toleram esta grande palhaçada. Onde é que já se viu noutros tempos, tolerarem sem expulsar de imediato, crianças aos berros só porque estão com fome. Escusado será dizer que o choro de uma criança é verdadeiramente insuportável, quanto mais ver uma mãe com as mamas ao leu a alimentar outro ser. Absolutamente intolerante.
Mas ninguém me tira da cabeça que se trata de puro exibicionismo das mães. Sabemos que quando elas andam prenhas, engordam como loucas e tão cedo não voltam ao normal. E diga-se, são poucas as que voltam, mas até recuperarem o aspecto ideal fazem de tudo para chamar a atenção das outras pessoas.

Amigos lembrem-se: tudo começou com tolerância de amamentar com o uso de um pano a cobrir a cabeça da mini abécula, e agora vejam até onde é que isto já evoluiu. Já achava ridículo uma mãe amamentar uma criança, mesmo com um pano a cobrir do catraio em público, e agora andamos nisto? Isto é mesmo do pior! Absolutamente incrível. Daqui a pouco ignoram qualquer cobertura ao peito e andam pela rua só de cachecol, prontinhas a dar a mama ao puto mal ouvem o primeiro choro!
As mulheres bem andam a conseguir ganhar terreno e ninguém quer saber. Vocês andam todos a dormir e daqui a pouco até quero ver como é que vai ser quando elas do nada, começarem a trocar as fraldas dos pirralhos perante os pais. Claro que daí a nomearem os homens a tarefas domésticas é um tirinho. Mas tudo bem. Depois não digam que ninguém vos avisou.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim

foto do autor

Posts recentes