Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rabiscos de um Maldisposto

Olá, bem-vindo ao meu blog!

Rabiscos de um Maldisposto

Olá, bem-vindo ao meu blog!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


As redes sociais estão a tornar-se numa ditadura

por Rabiscos de um Maldisposto, em 30.05.16

Nova polémica nas redes sociais, e mais sinais claros de uma profunda ditadura que se vai apoderando cada vez mais dos espaços digitais. Actualmente, ter uma opinião diferente numa rede social é complicado. Mas mais complicado ainda, é conseguir fazer humor com isso, ou ser bem interpretado. Ontem, do nada, surgiu mais uma polémica de uma entrevista de há seis anos a José Cid, conduzida por Nuno Markl. Sim, há seis anos! Mas que valente desenterro, caríssimos! Não querendo estar a ser advogado do diabo, diria que José Cid, sempre foi assim, e ouvindo com atenção ao que o respeitado músico disse, creio que houve, mais uma vez, um claro exagero alimentado pela patrulha do politicamente correcto das redes sociais. Mas, como se isso já não bastasse, ainda meteram as ingénuas gargalhadas de Nuno Markl ao barulho, como se essa acção fosse uma espécie de concordância com o que Cid, tinha acabado de dizer. Incrível. As pessoas andam claramente sedentas de sangue e violência, e creio que não seja um problema típico português, mas sim dos seres humanos que pairam pela Internet. As pessoas estão a perder o juízo! A Internet está a tornar-se uma espécie de ditadura, e já venho a defender isso há imenso tempo. A cada dia que passa fico cada vez mais surpreendido com a violência verbal que circula pelos espaços de comentários de algumas publicações. Creio que a Internet tornou-se um autêntico refúgio para as pessoas frustradas, insultarem e criarem guerras em tudo o que mexe. E temo que um dia, seja preciso pedir autorização a alguém antes de publicar seja o que for, em qualquer espaço digital. Já fui mais amigo do Facebook, mas actualmente vejo aquele espaço como um autêntico refúgio de parasitas frustrados, que procuram descarregar os seus problemas do dia-a-dia em tudo o que mexe. O linchamento tornou-se um entretimento, e sinceramente, não sei como é que isto irá terminar. Já me senti mais livre na Internet.

61 comentários

Comentar post

Pág. 1/4

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim

foto do autor

Posts recentes