Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rabiscos de um Maldisposto

Olá, bem-vindo ao meu blog!

Rabiscos de um Maldisposto

Olá, bem-vindo ao meu blog!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


A palavra: desculpa

por Rabiscos de um Maldisposto, em 19.01.17

Devo admitir que não sou pessoa de pedir muitas vezes desculpa. Erro meu, por ser na maioria das vezes, extremamente teimoso e inflexível. Mas quando peço desculpa, peço com a maior sinceridade que consigo e sai digno de um verdadeiro pedido de desculpas.

A arte de pedir desculpa foi-se perdendo ao longo do tempo. Actualmente ouve-se e lê-se a palavra desculpa mais vezes do que se deveria. Não necessariamente porque as pessoas andam a fazer mais merda do que antigamente mas talvez porque hoje se pede desculpa por tudo e por nada. Tornou-se banal pedir desculpa à mínima dificuldade ou quando as coisas apertam. Há casos em que a palavra sai de tal forma disparada, que nem sequer chega a ser sentida.

Ouvir um pedido de desculpas actualmente, é sentir a forma como a palavra desculpa é expressada. É fácil dizer ou escrever a palavra desculpa de forma sarcástica ou até mesmo contradita. Dizê-lo e não senti-lo é simplesmente ignorar a palavra, e ignorar a importância do arrependimento. A palavra desculpa já foi mais transparente. Valorizem-na quando é nutrida.

2 comentários

Comentar post

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Mais sobre mim

foto do autor

Posts recentes